SEJA BEM VINDO

domingo, 13 de abril de 2014

Um poema para um poeta urbano

A saudade aflora quando ouço certas canções
Vem suave como um "Vento no Litoral"
Amores ,momentos felizes, tristes recordações.
Dentro do" Teatro dos Vampiros" ensaiando a vida real
Vivi "As Quatro Estações"

Passagens de nossas vidas cheias de caminhos

"Somos tão Jovens","Será" que somos "Pais e Filhos"?
Abro as lembranças e viajo na imaginação

E mesmo sabendo que é tarde

"Eu Sei" que "Ainda é Cedo"

E nessa minha historia de vida, escrita pelas musicas

Existe um " Tempo Perdido"
Que ressalto rabiscando com "Giz"
Alegro-me com tristeza em saber que tive esses momentos.
Como "Índios" e "Soldados" busco a minha tribo tentando ser feliz.

E um dia "Quando o Sol Bater na Janela do teu Quarto"

Leia aquela "Carta" que um dia te enviei
E mesmo que te sintas entre "A Cruz e a Espada"
Antigos sentimentos voltarão "Mais uma Vez".
(Mariangela Nunes)

Um comentário:

  1. Bravosssssssss mana.
    Excelente composição em homenagem.
    Bjssss

    ResponderExcluir